quinta-feira, 27 de setembro de 2018

7 Bares novos que você precisa conhecer em Maceió

16:41
Maceioense tem a mania de dizer que a cidade não tem locais novos, mas na verdade é a gente que não sai do mesmo percurso. Vamos da uma variada? 2018 trouxe novos bares para a capital. Alguns apostam na modernidade para atrair novos clientes, outros preferem o ambiente rústico e há aqueles que reúnem bar + balada pra oferecer algo "a mais" para o público.

Prepara o coração que separei alguns pra vocês! Segue a lista:

01. Lorde Nelson Rest Pub
Um espaço para pessoas que amam séries, rock e gastar pouco! A decoração do lugar remete a um estúdio de gravação, com itens que remetem algumas de nossas séries favoritas, como por exemplos: Stranger Things. (Rua Silvério Jorge, 241 - Jaraguá)

02. Hookah Lounge
Um lounge bar com narguilés e espaço para dançar! Essa é a proposta do bar, além da varanda com mesas e suporte para narguilés, a casa oferece outros ambientes para quem quer petiscar, beber ou dançar bastante! (Av. Paulo Falcão, 629 - Jatiúca)

03. Black Beer Parrilla
Esse Bar aterrissou na Jatiúca com suas brasas, carnes e chopes artesanais. Carne é o diferencial da casa, você vai ter uma difícil tarefa de escolher o cardápio.

04. Caatinga Rocks Tap Room
O bar é uma espécie de “bar extensão da fábrica” para os clientes experimentarem em Maceió os rótulos da marca na companhia de outros apreciadores de cerveja artesanal. O bar fica localizado num anexo interno da cafeteria Nakaffa na Ponta Verde (R. Dep. José Lages, 381A).

05. The Spoilers Bar 
O Bar é um bar temático pra quem gosta de Séries, Filmes, etc. Além de possuir o bar do Moe (Simpsons), conta com comida e drinks temáticos. Ah, o local também conta com Karaokê, maratonas e muito mais! (Rua Artagnan Martins Réis, 161 - Jatiúca)

06. Vikings Bar
Além de um longe-bar supermoderno e uma cozinha contemporânea, o local também conta com espaço e conforto especial para se fazer uma barba e cabelo. O ambiente possui serviço de “Narguilé”, de origem oriental, utilizado para fumar tabaco aromatizado. O bar fica localizado ao lado da Ellus e em frente ao Habib's (Av. Alm. Álvaro Calheiros, 6569 - Jatiúca)

07. Trem das Onze
Esse Bar aterrissou ao lado da lanchonete do Kascão com seus petiscos de primeira, chopp e cerveja gelada. (Av. Empresário Carlos da Silva Nogueira - Jatiúca)

quarta-feira, 22 de agosto de 2018

Onde vegetarianos e veganos comem em Maceió?

15:08
A decisão de não comer carne e/ou nenhum alimento derivado de animais é uma escolha que pode ser motivada por diferentes razões. De qualquer forma, nós sabemos como é difícil encontrar opções para satisfazer esse estilo de vida - afinal, ainda são poucos os lugares que oferecem uma grande variedade de opções vegetarianas e veganas. Confira:

Ser-Afim Restaurante Natural

Esse encabeça o topo da lista. De ambientação despojada, o lugar bem poderia receber uma reunião de amigos hippies na década de 70. Gastronomia inventiva de pratos vegetarianos artesanais em opções variadas servidas em ambiente estilizado. No elenco de trinta receitas surgem risoto de alho-poró mais castanhas, cogumelo, tomate e damasco secos, lasanha integral de berinjela e abobrinha e feijoada de shiitake, bardana, tofu defumado, berinjela, cebola e cebolinha. Aplaca a sede o suco de maracujá batido hortelã, erva-doce, gengibre e aipo. Alem de possuir uma gastronomia incrível, também possui um mercadinho e loja de roupas vegano.

O restaurante citado acima é o único 100% vegano/vegetariano na cidade. Mas não se preocupe, um usuário do grupo “Vegetarianos/Veganos – Alagoas”, mapeou, com a ajuda de outros usuários, restaurantes que oferecem alimento para pessoas vegetarianas e veganas em Maceió. Confira a lista abaixo:

terça-feira, 17 de julho de 2018

Passeio pelos Cânions do São Francisco

07:41
Localizado á 290 km de Maceió, o sertão de Alagoas continua em alta sendo um dos destinos turísticos nacionais mais procurados, principalmente depois das produções de telenovelas. Este passeio é sem sombra de duvidas, um dos mais bonitos da região. Digno de um osca, serio.
Para quem desejar conhecer esse paraíso, o ponto de partida mais próximo é na Praia da Dulce, no município de Olho D'Água do Casado, levando em média 4hrs de viagem, saindo de Maceió (Deixarei no final do post o contato do meu guia). A estrutura do local é bem simples, só com banheiros e uma pequena cantina. É deste ponto que diariamente às 10h30 saem os catamarãs. Ele é realizado pelo Restaurante Castanho.
Logo no começo, o guia chama a nossa atenção para avisar que estamos em um ponto estratégico, conhecido como a “tríplice fronteira”, que, na verdade, é o local de onde podemos ver os estados de Alagoas, Sergipe e Bahia.

Os Cânions são formados por um vale profundo, com 65 quilômetros de extensão (o quinto maior cânion navegável do mundo), 170 metros de profundidade e largura que varia de 50 a 300 metros. Seu cenário natural formado pela vegetação da caatinga e toda a exuberância do Rio São Francisco pode ser acompanhado durante todo o passeio.
No percurso, além de contemplar um cenário de rara beleza, você ainda recebe informações sobre a formação geológica, bioma caatinga e sobre a fauna local.
Ao longo do rio, há pequenas imagens de São Francisco, o santo que dá o nome ao santo, colocadas em fendas nos paredões de rocha. Inclusive é possível subir até um deles.
São duas horas de passeio na parte represada do Rio São Francisco, com parada para banho em um belo local, conhecido como Paraíso do Talhado.
Cada empresa que faz o passeio tem um lugar reservado. A nossa tem um cercado com rede, garantindo uma melhor segurança de profundidade (10 metros).
Ah, também tem trampolim. É possível ainda fazer stand up paddle nas águas tranquilas e praticar rapel nos belos cânions.
Na parada, também temos a opção de visitação à Gruta do Talhado. Ele é realizado de canoa, tendo de usar colete salva-vidas. O passeio é rapidinho, mas vale a pena. O local recebeu esse nome por suas paredes que parecem ter sido talhadas à mão. Os paredões enormes com rochas areníticas têm diversas formas e um visual muito bonito.
Com as energias renovada, hora de seguir para o Restaurante Castanho, onde é feito a parada para o almoço. O restaurante fica na margem do rio, no município de Delmiro Gouveia, e também tem acesso de carro. Lugar ideal para àqueles que buscam maior contato com a natureza selvagem.
O local conta com wifi, piscina de borda infinita, espreguiçadeiras, redes armadas nas árvores na beira do rio e trampolim. Você pode incluir o buffet livre no seu pacote ou pedir a la carte. O buffet é de comida regional, com inúmeras opções. Depois do almoço, muita gente aproveita para relaxar aproveitando aquela paisagem.
Antes de retorna para o ponto de partida, aproveitei para visitar o Vale dos Mestres. Local lindo e ainda pouco divulgado para quem visita a região. Ideal para banho e trilhas ecológicas
As águas são transparentes e pode-se ver ao fundo do rio sua vegetação, que vem tomando conta de todo leito do São Francisco. Chamada de “cabelo”, se proliferou em grande quantidade, desde que o rio perdeu sua força na correnteza e deixou de provocar as enchentes, que limpavam o fundo do rio levando tudo para o mar.
Hora de retornar a Praia da Dulce, já anoitecendo, o que recomendo dormir pelo menos, uma noite em Piranhas.

Contato Passeios e Restaurante Castanho: OI / Whatsapp: 82 98855.1290
TIM 82 99959.1405
VIVO 82 98114.7070
Locação/Recptivo:82 99813-1901
Instagram: @vl_receptivo
Valores:
  • O passeio no Catamarã Menestrel das Alagoas custa R$90,00 por pessoa, já o de lancha é de se acordar com o telefone.
  • O passeio para Gruta do Talhado custa R$10,00 por pessoa.

segunda-feira, 4 de junho de 2018

Turismo na terceira idade em Alagoas

19:39
Fazer turismo na terceira idade, além de fazer um bem danado para nossa saúde, é uma excelente forma de lazer e uma das melhores maneiras de relaxar e criar memórias inesquecíveis, seja de forma independente ou na companhia daqueles que amamos.
Não é a toa que o programa do Ministério do Turismo do governo, chamado de Viaja Mais Melhor Idade, deu descontos em preços e condições especiais de pagamento para as pessoas que tem mais de 60 anos ou é aposentado ou pensionista, e é um dos mais vendidos nas agências de viagens.

Estar na melhor idade significa ter maturidade suficiente para saber fazer escolhas. Ou seja, escolher Alagoas! Um destino que no geral, proporciona aos nossos velhinhos: tranquilidade, segurança e boa infraestrutura, itens indispensáveis para escolher um destino!
Foto: Márcio no Mundo
Nossas praias da capital alagoana são planas, de fácil acesso e seguras, além de apresentar diversas opções gastronômicas e culturais.
Foto jusviajante
Maceió tem também com outros pontos turísticos acessíveis, como o Museu da Tecnologia do século XX e o Museu do Comércio, que possuem instalações propícias para pessoas com dificuldade de locomoção. Ambos ficam localizados no prédio da Associação Comercial no Jaraguá.
Associação Comercial de Maceió
Nosso litoral possui uma extensa variedade de pousadas de charme, ideal para quem procura sossego.
Pousada Estalagem Caiuia - Japaratinga
Nosso rico artesanato costumam atrair a atenção dos idosos. Ótimas opções são os passeios realizados para os povoados da Ilha do Ferro e de Entremontes, além das visitações aos prédios e monumentos das cidades de Marechal Deodoro, Penedo e Piranhas. Diante de todas essas opções, fica claro que Alagoas é o destino ideal, independentemente da sua idade!
Artesanato da Ilha do Ferro

terça-feira, 17 de abril de 2018

Conheça o Banho Azul

10:31
Um recanto da natureza, que fica no sítio Ouro Branco, a cerca de 10 quilômetros do centro do município de Boca da Mata.
Foto Vanderson Araújo
Rodeada de muito verde, a bica que recebe o nome de Banho Azul, traz de dentro da mata através de tubulações, águas geladas e pura, que atrai a atenção dos bocadamatenses e também de aventureiros que buscam em áreas rurais diversão e lazer.
Administrada pelo Bar lourinho, seu horário de funcionamento é de segunda a segunda das 7h até 17:30h e paga-se pra entrar, a taxa é de R$5 por pessoa. O local não conta com praça de alimentação, então vá preparado com almoço e lanches (sempre consciente de recolher todo seu lixo.)

sexta-feira, 13 de abril de 2018

Dicas de bares para dançar forró/pagode em Maceió

06:27
Em uma cidade bastante eclética, o forró é um dos ritmos que embala a noite maceioense. Para os que mandam bem na dança, para os que não vão além do dois pra lá dois pra cá ou para os que só querem ouvir o som, não faltam opções pela cidade. Listei 7 bares que vão garantir o arrasta pé dos forrozeiros de segunda a domingo. Confira:
Choparia Maikai

1. Conversa Botequim
Iguarias típicas da gastronomia de boteco, carnes e variedade de bebidas, além de música ao vivo e ar boêmio.

2. Maikai
É o bar mais famoso da cidade. Costuma ser palco dos principais shows que acontecem na região e traz variados estilos de música, mas normalmente bandas de forró, funk, brega, sertanejo e axé. Além de Choparia, o local conta com Show Bar, que costuma ter valor X para entrar.

3. Alagoana Bar e Botequim
Petiscos e pratos fartos, chope espumoso e drinques variados, em clima tranquilo para bate-papo com amigos.

4. Cachaçaria Dona Branca
Ótimo lugar pra quem quer gastar pouco e curtir muito!

5. Lopana
Quando se fala nas barracas de praia de Maceió, logo se pensa na Lopana. A barraca fica na Ponta Verde e é uma atração que atende muitos turistas e nativos. Durante o dia, o Lopana é ideal para curtir o mar e a estrutura de praia. A programação noturna da casa varia a cada noite, assim como o estilo musical dos shows; quando há música ao vivo, costuma-se cobrar um couvert.

6. Kanoa
Segue o mesmo perfil do Lopana. Fica a poucos metros de distância, na Ponta Verde, sentido praia de Pajuçara. É uma boa alternativa para quando o Lopana está lotado e fica bem agitado durante as noites do verão.

7. New Hakata
É dividido em duas partes. A primeira é um restaurante, com comida brasileira e japonesa, e a segunda, com entrada pela rua ao lado, é um bar com música ao vivo. Alguns dias da semana rola chopp em dobro (Saiba mais sobre chopp em dobro em Maceió aqui).

quarta-feira, 11 de abril de 2018

Conheça ótimos restaurantes para almoçar em Maceió

09:11
Quando o assunto é experiência gastronômica, Alagoas é um dos melhores lugares do mundo. Entre tantas (e excelentes) opções, fica difícil reunir em uma lista os melhores restaurante da cidade. A variedade pela cidade é imensa e pode agradar a todo tipo de paladar. Eu selecionei alguns restaurantes que você precisa conhecer ou voltar de novo.


Mariah Comedoria ($)
Buffet de saladas, pratos quentes e sobremesas, em espaço rústico-contemporâneo, com artesanato e playground.

Casa de Mainha ($)
O Restaurante Casa de Mãinha é um restaurante temático, onde as comidas típicas nordestinas fazem as delícias da casa. Todo o restaurante é muito bem decorado, o ambiente é familiar, dando a sensação de que estamos comendo junto com a nossa família, de tão acolhedor que é.

Divina Gula ($$ - $$$)
Com um jardim aconchegante e amplo, o Divina é uma ótima pedida para escapar do burburinho cercado por muito verde. O clima de fazenda está nos detalhes impecáveis dos utensílios, artesanatos e cantinhos bastante charmosos. Um destaque é a costela de boi desfiada e confitada na manteiga de garrafa, refogada com ora-pro-nobis, servida sob uma polenta mole feita com fubá de moinho de pedra e acompanhada de queijo meia cura. As comidinhas clássicas também fazem sucesso: tutu mineiro, frango com quiabo, torresmo, feijão tropeiro, angu e jiló na chapa.

Bodega do Sertão ($$ - $$$)
Para experimentar diversos pratos da cozinha regional, o Bodega do Sertão é uma das melhores opções em Maceió. O restaurante funciona no modelo self-service e expõe sobre um fogão a lenha os autênticos pratos da cozinha do Nordeste brasileiro (inclusive da alagoana).

Restaurante Janga ($$ - $$$)
Um restaurante especializado em frutos do mar com cardápio original e pratos generosos, que não quer seguir nem as clássicas e boas receitas tradicionais das peixadas e camarãozadas.

Imperador dos Camarões ($$ - $$$)
O Imperador dos Camarões, como sugere o nome, é o local em Maceió para comer um bom camarão. São diversas opções no cardápio e, provavelmente, ao ver outros clientes recebendo os pedidos em suas mesas, você já estará convencido de que escolheu um bom lugar para fazer sua refeição.

Massarela ($$ - $$$)
Ambiente tipicamente italiano e muitas combinações de pratos - esse é o Massarella. O restaurante é ideal para quem vem, ao menos, a dois, quer curtir um ambiente descontraído e desfrutar da cozinha italiana.

Akuaba ($$ - $$$)
Tudo bem que cozinha baiana é uma especialidade da Bahia, mas em Maceió ela também é bem representada.

Maria Antonieta ($$$ - $$$$)
Considerado um dos melhores restaurantes de Maceió, o Maria Antonieta ganhou o gosto do público em pouco tempo de abertura. Com belo salão de pé direito alto e pratos de excelente qualidade, o restaurante italiano é das melhores opções para fazer uma refeição refinada na capital alagoana.

Wanchako ($$$$)
Considerada uma veterana da alta gastronomia em Alagoas, ele é dividido em vários ambientes à meia luz, o Wanchaco (tradução de Pueblo Libre) é certamente o espaço gastronômico mais original e um dos mais aconchegantes da capital alagoana. Nas paredes, as cortinas, cerâmicas e máscaras incas remetem à paixão da chef Simone Bert pela terra ancestral do marido e sócio, José Luiz.

quinta-feira, 29 de março de 2018

5 Bandas Alagoanas que você precisa conhecer

12:52
O cenário Alagoano ainda não tem uma penetração na sociedade de maneira que apareça realmente. Ao longo desses tempos, eu já vi bandas se formarem e acabarem (bandas incríveis).

Confesso que muitas bandas incríveis pequem em sua comunicação nas mídias sociais, deixo aqui meu alerta. Fiz essa publicação para mostrar pra vocês que nosso estado tem sim musica boa e devemos valorizar mais! Djavan é nossa maior referencia, sem sombra de dúvidas.

Pensando nisso, separei 5 bandas locais que curto muito! Tentei escolher gêneros diferentes. Espero que gostem.

01. Troco em Bala
Primeiramente, gostaria de deixar claro que sou FÃ deles. Ela se chama Troco Em Bala. O primeiro álbum da banda se chama Agreste, e a banda de indie rock maceioense não poderia ter escolhido título melhor. O nome, inspirado na área que fica entre o Sertão e o litoral nordestino, casa total com a proposta deles de fazerem um som "quase conceitual".



02. Vibrações
Essa banda, que participou do Super Star, foi nascida na cidade de Maceió, no estado de Alagoas, no ano de 1998. Busca compor sua identidade a partir da junção do reggae original jamaicano com o hibridismo que compõe o cenário musical brasileiro, mais especificamente o nordestino.



03. Wado
Cantor e compositor de música popular. Com mais de dez anos de estrada, Wado traça caminho sólido e estilo musical com referências de samba, rock e de inúmeras variantes da MPB.



04. Yo Soy Toño
É um projeto do carioca-alagoano Antonio Oiticica e o cara faz rock alternativo dos bons.



05. Davi Fireman
O musico de RAP está na estrada desde os 15 anos. Fireman já fez a abertura de vários shows como: Cidade Negra, Tom Zé, Natiruts, Ponto de Equilíbrio, Planta e Raiz entre outros.

quinta-feira, 22 de março de 2018

Santuário Ecológico Fazenda De Santa Tereza

08:44
Localizado em Atalaia, a cerca de 48 km da capital Maceió, a Reserva Particular da Fazenda Santa Tereza é um refúgio para quem busca tranquilidade e contato com a natureza.
Conhecido como Santuário Ecológico Santa Tereza, o local conta com trilhas e represas naturais. Além disso, possui um criadouro autorizado pelo IBAMA, que tem como objetivo proteger animais que não possuem condições de retornar ao convívio da natureza.
Cerca de 450 animais vivem no local. É possível encontrar mamíferos, répteis, aves aquáticas, tucanos, araras-azuis, vermelhas e uma variedade de pássaros, cores e plumagens.
Seu ambiente paradisíaco é dono de uma represa natural encantadora. Sim a água é totalmente azul e transparente, não é efeito. Tão transparente que parece raso, mas a profundidade pode chegar a mais de 6m de profundidade.
Como avisei anteriormente, é uma propriedade privada, nem sempre está aberta pra visitação, porem, deixo o contato pra vocês: (82) 99168-2270/99128-7395! Seu horário de funcionamento é das 8h às 16h e paga-se pra entrar, a taxa é de R$10 por pessoa, a fazenda é ENORME, e por esse motivo você só consegue chegar de carro ou moto. Ao total são 3 represas, uma delas com uma bica deliciosa, porem todas muito funda, por isso recomendo todo cuidado da vida com crianças.
Vá preparado com almoço e lanches, porem sempre consciente de recolher todo seu lixo.

Como Chegar?
Seguindo a localização no mapa, que deixei abaixo, ao avistar a placa da Usina Uruba (uma rua de terra rodeada de casinhas), você dobra nela. Siga até você encontra uma cancela. Prontinho! (Você pode jogar no wazer o nome da fazenda)

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

82 9 8172-9739 (WhatsApp)

E-mail: maceioalagoasoficial@hotmail.com

Recente Post

recentposts

Seguidores