segunda-feira, 29 de agosto de 2016

Trilha do Visgueiro

Você já imaginou um roteiro rural nas proximidades de um dos cenários de praia mais belas do país? A Trilha do Visgueiro nos transporta ao imaginário de um Brasil ainda a ser descoberto, dentro de uma reserva de Mata Atlântica.
Cachoeira da Trilha (Foto Itawi Albuquerque)
O ponto de partida na trilha é no assentamento Água Fria, a 18 km da cidade de Maragogi, com suas típicas casinhas de interior. Liderado por um guia próprio da comunidade, são aproximadamente 6 km de caminhada, em uma rota feita em círculo para evitar a necessidade do turista refazer trechos.
Associação Mulheres de Fibras (Foto Itawi Albuquerque)
O passeio dura em média duas horas. No chão, as folhas secas são nosso tapete natural. A diversidade de aves é grande na Trilha, como: Sabiá, pica-pau, sete cores, sanhaçu, curió, entre outros animais que habitam o local, que se andarmos em silêncio é bem provável encontrarmos como: guandus, tatus, quatis, cotias, tejos..
Foto Sedetur (Tend Criativa)
No percurso, cachoeiras e degustação de frutas tropicais tiradas do pé são uns dos atrativos. Visgueiros de diversos tamanhos são encontrados ao longo do percurso, antecedendo os maiores que estão por vir pela frente. São inúmeros. Porém, nenhum deles conseguem roubar o destaque que o Gran Visgueiro, árvore-mãe com mais de 500 anos e 22 metros de altura tem! Copa extensa e raízes que chegam a se estender por um raio superior a 50 metros de distância, são necessárias 15 pessoas para conseguir cerca a árvore-mãe.
Olha meu tamanho perto dessa árvore. (Foto Itawi Albuquerque)
A trilha segue por mais alguns minutos até a bica de água natural onde se forma um riacho. No local, é possível se refrescar e repor as energias em um banho na água fria como indica o nome do assentamento.
Foto Itawi Albuquerque
Voltando ao ponto de partida, vale apena conhecer a associação Mulheres de Fibras, um assentamento de artesãs que trabalham em casa de taipa. Elas confeccionam carteiras, bolsas e objetos de decoração com fibra de bananeira.
Foto Itawi Albuquerque
Se você pretende conhecer a tilha, os passeios devem ser previamente agendados!

Agendamento: Telefones (82) 3296-2010 / 9113-8299

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Seguidores