Roteiro de 3 dias em família em Alagoas

11:54

Alagoas caiu em definitivo no gosto do turismo nacional e internacional. Isso se deve ao fato de Alagoas ser um dos Estados mais completos do Brasil e diferentemente do que muitas pessoas imaginavam, existe muito mais do que praias incríveis para se ver.

Neste post vamos apresentar um roteiro de 3 dias em família em Alagoas a fim de auxiliar os turistas e até mesmo os alagoanos de como otimizar seu tempo no Estado e como distribuir da melhor forma as atrações turísticas nos agradáveis dias da sua visita.

1º dia: Conhecendo a capital Maceió
Comece o dia conhecendo as principais praias da capital, Ponta Verde, Jatiúca e Pajuçara (São nelas onde se concentram as principais atrações turísticas da capital alagoana). Em uma curta caminhada é possível curtir as paisagens dessa parte do litoral alagoano, que mesmo estando na capital possuí belezas semelhantes a qualquer outra praia paradisíaca do estado.
Maceió Alagoas
Comece pela manhã em Pajuçara e confira o passeio de jangada até as piscinas naturais, um ótimo lugar para contemplar a beleza da capital alagoana. Não deixe de visitar a Sereia do Mestre Zezinho e a feirinha de artesanato da Pajuçara (pode ser a noite), local onde é possível encontrar de tudo. Desde temperos da culinária local até artigos de decoração mais sofisticados.
Farol da Ponta Verde
Farol da Ponta Verde
Em seguida, vá a Praia da Ponta Verde: é a mais conhecida e é um dos principais cartões portais da cidade, com uma ótima orla para prática de atividades ao ar livre; uma praia com água quente e transparente que é um convite para prática de atividades náuticas, tomar uma água de coco e comer uma deliciosa tapioca.

É na Ponta Verde que fica o tótem com o nome “EU AMO MACEIÓ”, o farol da Ponta Verde, as estátuas de Graciliano Ramos e de Aurélio Buarque de Holanda, a Sereia do mestre artesão Zezinho e a Jangada da Independência.

Aos Domingos um grande trecho da orla da Praia da Ponta Verde fica fechado para a passagem de carro, sendo ideal para levar toda família. O local é bem agradável e permite uma ótima manhã de lazer.
Na praia da Jatiúca um local bastante agradável para visitar a Lagoa da Anta e a obra “O Beijo” da famosa artista Alagoana Dona Irinéia.

Durante o final da tarde a dica é fazer um viagem pela história e cultura do estado, conhecendo atrações como a Catedral Metropolitana de Maceió, o Palácio Floriano Peixoto e o bairro histórico de Jaraguá com diversas construções históricas.

Separe também um tempo para conferir o artesanato local no bairro do Pontal, onde as rendeiras comercializam na rua das rendeiras, à beira da Lagoa Mundaú, o tradicional filé alagoano.

2º dia: Conhecer o Litoral Sul (Marechal Deodoro, Barra de São Miguel e a Praia do Gunga)
Depois de um reforçado café da manhã é hora de partir para Marechal Deodoro, um pequeno município a apenas 30 km de Maceió, por lá a opção é unir a paradisíaca praia do Francês com um role pelo centro histórico da cidade, que é um marco na história da República Brasileira.
Praia do Francês
Praia do Francês
A praia é bem movimentada e diversificada, oferecendo dois tipos de mares, um dos lados é protegido por uma barreira de corais, formando uma bela e extensa piscina natural, já o outro lado é a parte frequentada por surfistas de todo Brasil, pois oferece ondas grandes e tubulares no seus melhores dias.
O município de Barra de São Miguel está a apenas 10 km de distância. A Praia do Niquím, que está localizada na pequena orla de Barra de São Miguel é parada estratégica para quem pretende conhecer a Praia do Gunga, já que o local oferece passeios de barcos até a atração.

O visual dessa praia não é muito diferente da Praia do Francês, já que as águas também são calmas e cortadas pela barreira, a diferença é que o local é mais tranquilo e possuí um movimento de pessoas menor. Ideal para famílias ou pessoas que estão procurando lugares mais pacatos.

A Praia do Gunga possui um acesso fácil através de uma enorme fazenda de cocos. Logo na entrada é possível avistar um mirante de toda a região, o custo para subir no local é de apenas R$2,00 para manutenção. Ao entrar, basta se identificar e respeitar os pedidos de preservação do local. Se você foi para Alagoas pensando em usar e abusar da Praia do Gunga, a dica é passar um dia inteiro por lá, acredite, você não irá se arrepender. Diversas atividades e passeios são oferecidos logo na entrada da praia, entre eles o visitante pode escolher por sobrevoar a região em um bote inflável, brincar de banana boat, flyboard ou pilotar um quadriciclo e conhecer as famosas falésias do Gunga (passeio obrigatório para fazer quando estiver por lá). As barracas e restaurantes começam a fechar apenas por volta das 17hrs, então você tem o dia todo para aproveitar.
Praia do Gunga
Vista do Mirante do Gunga
3º dia: Litoral Norte (Maragogi, Porto de Pedras ou São Miguel dos Milagres)
Se sua escolha tiver sido Maragogi vá conhecer as Galés de Maragogi, um dos passeios mais procurados de Alagoas. Ah, vale a pena fazer um passeio de buggy nas 3 opções, o passeio passa pelas principais praias da Região.
Maragogi
Maragogi

Se sua escolha tiver sido Porto de Pedras, a Praia do Patacho conta com ótimas piscinas naturais. Você pode conhecer outro cenário da região, em um passeio de jangada pelo Rio Tatuamunha para fazer observação do peixe boi, uma atração bem famosa na comunidade.

Se sua escolha tiver sido São Miguel dos Milagres, a Praia do Toque conta com ótimas piscinas naturais.

Você pode gostar também

1 comentários. Clique aqui para comentar também!

Postagens Recentes

Quando viajar a Maceió

Quando viajar para Maceió?

O período mais aconselhável para aproveitar as maravilhas de Maceió é de janeiro a março e de agosto a dezembro, quando as águas são mais c...